kopfbild


Amêndoas com Chocolate

librobild

Amêndoas com Chocolate

Copyright r Genoveva Serra Caselles, 2000
Reservados todos os direitos.

Deposito legal V. 13.838 - 2000
Valencia, Junho 2000

Tradução, desenho da coberta e ilustrações:
Klaus-Dieter Zorn


     Dedico este livro a minhas filhas
     e a todos os meninos do mundo.
     Que não percam nunca
     seu ternura e esperança.


ir a ...


- O JARDIM DE MADREPÉROLA
- AS MADRESSILVAS DO LAGO NESS
- A CABANA DE VALORES
- AMÊNDOAS COM CHOCOLATE
- PRÓLOGO
- ÍNDICE

librobild


O JARDIM DE MADREPÉROLA

Sobre o jardim de madrepérola
passei a noite.

As nuvens iam a mim
como folhas temperadas sobre a terra.

Ao afastar-me e ver o horizonte
vislumbré a ardilla que com sua bicha
limpou de pupilas e motas de pó
a atmosfera vermelha do amanhecer.

Quando contemplei as gotas
sobre minhas mãos
e laminas de rosas vislumbré,
senti que te perdia e voltei,
voltei para a terra de pasto e jengibre
onde nasceram minhas veias e meu cabelo
meu amor e meu eterno vento.

lago Ness


O livro foi publicado na editorial alemã "Frankfurter Literaturverlag" com sede em Frankfurt na rua onde vivia Goethe.
Propôs-se-me e assinou-se uma edição especial com o seguinte comentário de casa-a editora:
"A Editorial de Literatura Francfortesa publica escritos literários de primeira ordem de autores ainda desconhecidos.
As obras de nossos escritores são mais que palavras escritas, são depoimentos vivos do desenvolvimento da literatura de língua alemã e fazem parte importante do bem cultural de uma sociedade.
A conservação destes testimonos de literatura viva em forma de livro é meta da Editorial Francfortesa."

À margem da publicação em Alemanha assinou-se um convênio, o "Publishing agreement" com a editorial "Lord Byrons Literary Press" em Londres que se estende aos paises:
EE.UU., Grã-Bretanha, o Commonwealth, Alemanha, Áustria e Suíça.
Em consequência este livro não só se apresentou até a data na "Frankfurter Buchmesse" ou a feira do livro em Leipzig, senão também na "London Book Fair" do ano 2009.


AS MADRESSILVAS DO LAGO NESS

Contemplei 20.000 madressilvas
perto do lago Ness.

Seu castelo levantava seus braços
e o céu recolhia-as como amigas.

Perto de uma das janelas notei
a brisa sobre meu rosto molhado
e a capa envolveu meus cabelos
e meu riso anunciou a todo o vale
minha chegada.

Mais tarde num abraço
de amêndoas e nozes
suas bochechas rozaron as minhas
e ao alçar o voo os pássaros
senti que me possuía
e assim passou muito, muito tempo.

lago Ness


Desde então minha poesia tem encontrado um lar nas estantes das bibliotecas mais prestigiosas como é aquela da Universidade de Oxford.

La "Old Bodleian Library" funciona desde o ano 1602.


Outra biblioteca que dispõe de meu livro é a Biblioteca Nacional de Alemanha. É a maior daquele país e está localizada nas cidades Leipzig, Frankfurt e Berlin.


Na Universidade de Cambridge, não menos prestigiosa que a de Oxford, se pode encontrar o livro por exemplo através de o "Newton Universal Catalogue" online.


AMÊNDOAS COM CHOCOLATE

Amêndoas com chocolate.
Perfumes de mel e rosas.
Angústias caladas.
A vida chama-me e eu a sigo.
Agora se afasta o vento.

Ele se levou os dramas e as chuvas,
não me importo o que ocorreu.
A fome voltou, em minha ser abriga-se
o pão e o chá.
Sento o movimento de um corpo,
que começa a caminhar.
Passo depois de passo.

Procuro amêndoas com chocolate,
seu sabor chega-me até dentro,
agora se afasta o vento.

Tenho dado perfumes de mel e rosas,
o vento recolhe-os.
¿A onde levá-los-á?
Sei que um dia de novo devolver-mos-á.

lago Ness



A Universidade de Frankfurt leva a seu mas conhecido filho no logotipo. Estou especialmente agradecida que minhas poesias têm tido entrada na biblioteca da cidade de Goethe.



No sul de Alemanha pode-se encontrar meu livro em o "BibliotheksVerbund Bayern" que são as bibliotecas compound de Baviera.



Também me encontro representada em "Melvyl", pelo catalogo das bibliotecas da Universidade de California nos Estados Unidos da América.


A CABANA DE VALORES

Se o tempo detivesse-se agora,
¿Que guardaria?
Perguntei a meu cavalo,
perguntei a meus cães e sabiam-no.
Quando era pequena queria guardar tudo.
¿E agora? também,
pois em mim permanece a niñez,
o que sou e não me puderam tirar.

Se o tempo detivesse-se agora,
guardá-lo-ia tudo.
Faria uma pequena cabana
e poria dentro a paz, a alegria,
a ternura, o amor, o vento, a chuva,
os pés descalços.
E outro tempo, talvez o que ainda não chegou,
ele que não tenho visto,
e como não, a ti.

lago Ness


O texto de minha edição americana corre a cargo da Editorial Fouqué Publishers em Nova York.


Este livro pode encontrar-se através das bibliotecas da Universidade de Washington entre outras.


Em conceito de preservar meus direitos como autora, minha obra depositar-se-á na Library of Congress em Washington.

Amêndoas com Chocolate



PRÓLOGO



     Ainda recordo bem os princípios do verão do ano 2000. Às demandas incesantes de minha esposa de dar-lhe mais papel, à concentração em sua obra rondando a obsesión, convertendo-a em surda e muda em frente a todo que se escapou do ciclo temático de sua poesia.

     Sucessivamente pude ler os poemas compostas e reflexionar sobre elas. (A composição aqui apresentada corresponde exactamente com a ordem cronológica de sua criação.)

     Com uma velocidade vertiginosa que fiz me lembrar da génesis do "jogador" de Dostoievski se enfilaba assim uma poesia com a outra criando desta maneira um arco íris tornasolado de temas se afectando ou se completando entre se, todos eles ao que parece pulsando ao redor de um complexo central que possivelmente poderia se descrever como a sondagem das profundidades da alma humana.

     A leitura progressiva manifestou a cada vez mais claramente ante meus olhos em que viagem mas aventurera se encontrava minha mulher e daí alturas e profundidades acumuladas com o tempo em sua alma reivindicavam agora o direito de emergir à superfície e trascender ao público através de uma pintura paisagista com palavras.

     Os detalhes de obras de pintura de pintores conhecidos para a ilustração das envergaduras temáticas extraíam-se por esta razão do romantismo, já que esta época reflete da melhor maneira as profundidades do alma através de uns panoramas imponentes.

     Sem lugar a dúvida deixar-se-á o trabalho da interpretação do presente para aqueles que para isso estão mais capacitados que eu, unicamente quisesse anotar que muito do posto por escrito se baseia no vivido considerando que durante inumeráveis conversas sobretudo dantes da redacção de suas poesias Genoveva me brindava a ocasião de participar plasticamente sobretudo nos anos experimentados durante sua juventude, facto que me dá certa vantagem sobre outros quanto à leitura de suas renglones.

     Tem-se que ter em consideração sobretudo que o corro de um total de 52 poemas não representa uma antología de obras individuais, senão um conjunto de elementos se edificando entre se com aparecimentos de palavras-chave uma e outra vez ante o fundo de uma realidade ancorada na costa mediterránea e sua soleado mundo imaginativo que nela descansa com a consequência de ter "tempos de exposições" específicos.

     O titulo mesmo "almendras com chocolate" elucida que não tudo na vida possui a sucessão e a ordem que geralmente pensamos conhecer. Baixo todo o ponto de vista por tanto vale a pena seguir à autora em sua viagem, para que a cada um de nós ponha seu faz de luz no ocultado nas profundidades de sua alma junto com o valor de aplicar as conclusões sacadas de um passado inalterable para converter o futuro num presente ideal.

Klaus Zorn, janeiro 2007

Amêndoas com Chocolate



ÍNDICE

1.   O jardim de madrepérola    16
2.   O ribeiro perto do poço branco    17
3.   As madressilvas do Lago Ness    18
4.   Voarão para os mares    19
5.   Só teu alento    20
6.   Abençoo o trigo    21
7.   O duende    22
8.   O pássaro cinza    25
9.   Palmeiras em teus olhos    26
10. Os lobos    27
11. Querer novamente    29
12. A solidão    30
13. Léguas de ternura    31

14. Verão sem fim    32
15. Pegadas na areia    33
16. Segredos do mar    34
17. Flores da amendoeira    36
18. A vida sem ti    37
19. Minha alma voa    38
20. A cabana de valores    39
21. Mil anos de protecção    40
22. Caminhar juntos    42
23. Fonte de juventude    43
24. Fugacidade    44
25. Ela    45
26. África    46

27. Sair do inferno    33
28. O sorriso    34
29. Traspassar montanhas    35
30. Os beijos    36
31. Longe    37
32. A lembrança    38
33. Carícias perdidas    39
34. Palavras    41
35. A noite    42
36. O mar    43
37. A infidelidade    44
38. Ele espera    45
39. Amêndoas com chocolate    47

40. O relâmpago    49
41. Sábia vida    50
42. Os cegos    51
43. Sonho e realidade    52
44. És forte    53
45. O sonho    54
46. A decisão    55
47. A cascata    57
48. O oásis    58
49. Leques abertos    59
50. Mil lágrimas    60
51. O tempo    61
52. Meu desejo está em Japão    63



ÍNDICE DE ILUSTRAÇÕES

1. Albrecht Altdorfer,
  Paisagem danubiano com Castelo Wörth
  1520 p., Alte Pinakothek, Munich

  La Pinacoteca Antigua de Munich
  Reinhold Baumstark
  Scala Publishers, Londres
  Beck München, 2002
P. 15

4. Ponte de Mármore
  sobre o lago Kunming, Pequim, China

  picture alliance/dpanin Ge
  Du Mont-Horizonte, Köln, 2005
P. 35

9. Caspar David Friedrich,
  Um homem e uma mulher contemplando a lua
  1830, Galeria Nacional, Berlin

  Il Romanticismo
  Ilaria Ciseri
  Electra, Barcelona, 2004
P. 63

12. Joseph Turner,
  O transepto da abadia de Tintern
  1795, British Museum, Londres

  Art Book
  Turner y Constable
  Electa Bolsillo, Barcelona, 2000
P. 79


Copyright 1998 - 2014

Genoveva Serra - art

página principal